quinta-feira, 31 de Março de 2011

DIA 4 DE ABRIL


DIA 4 DE ABRIL - PARA OS ANGOLANOS 

Dia 4 de Abril, É uma data muito importante para os angolanos, porque a paz foi alcanças nesta data.

Num ano em que os angolanos se preparam para escolher os seus representantes no Parlamento, nas eleições legislativas de Setembro próximo, a nação angolana comemora hoje, sexta-feira, seis anos desde que o seu povo venceu a guerra e conquistou a paz definitiva para o país.

Aos 04 de Abril de 2002 as Forças Armadas Angolanas "FAA" e as forças militares da Unita rubricaram o acordo de paz que veio pôr fim ao conflito armado reinante no país há mais de duas décadas.

Alcançada a paz aos 4 de Abril de 2002, a Assembleia Nacional decidiu, com a aprovação da Lei n.º 7/03, de 21 de Março, conferir a mais elevada dignidade e cobertura legal à comemoração do dia em que os angolanos proclamaram oficialmente a conquista da paz e o início de um processo irreversível de reconciliação nacional.
O Povo Angolano assinala, no dia 4 de Abril de 2007, o 5.º aniversário do «Dia da Paz e da Reconciliação Nacional», data em que se pôs termo ao conflito armado existente havia longos anos e se deu início ao processo de reconciliação de todos os Angolanos.

Ciente de que só a Paz é capaz de permitir a melhoria das condições de vida de cada um e de todos, o nosso Povo tudo tem feito para que ela seja consolidada no dia a dia, contribuindo para que o processo seja irreversível, removendo todos os factores negativos do passado, para construção de uma pátria unida nos valores da unidade nacional, da democracia, da justiça social e do pleno respeito pelos direitos humanos.

O acto de assinatura do memorando de entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka, a 4 de Abril de 2002, constitui um marco de referência inquestionável e de extraordinária importância na longa luta do povo angolano para a sua felicidade.

O advento da Paz definitiva no nosso País, confirmado a 4 de Abril de 2002, deve ser encarado como o início de uma nova era, a era da reconstrução nacional, a ser realizada por todos os angolanos de mãos dadas, pondo de lado todo o tipo de diferenças.

Foi a 4 de Abril de 2002, que oficiais generais das Forças Armadas Angolanas e das extintas Forças Armadas de Libertação de Angola pertencentes a UNITA, assinaram o Memorando de entendimento de Luena que pós fim a um longo conflito interno armado.


Que dia 4 de Abril é o dia que os angolanos comemoram, O dia da Paz, data que marca a assinatura do Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka, entre o Governo e a UNITA, a 4 de Abril de 2002, marcando o fim de um longo período de guerra. O acto central da efeméride terá lugar no município do Bocoio, na província de Benguela.

Além de dois imponentes pilares, pintados de branco, a entrada na sede municipal do Bocoio é marcada por um número considerável de bandeiras. O vermelho, preto e amarelo são, obviamente, as cores que mais dão nas vistas, por reunirem juntas o simbolismo da bandeira do país. É reconhecidamente um arranjo perfeito, que ressalta bem a importância da festa, que terá o seu ponto mais alto hoje, com a presença do ministro da Defesa, Kundy Paihama, a quem cobe a honra de presidir ao acto central do dia da paz.

 BIBLIOGRAFIA


Sem comentários: